Ciclo PDCA: uma técnica de produtividade para equipes de venda

Otimizar a produtividade da equipe de vendas é um importante passo para o sucesso da empresa, especialmente se levarmos em consideração o atual mercado, a cada dia mais seletivo e saturado de concorrentes. Contudo, para isso, é importante poder contar com as ferramentas corretas.

Nesse caso, o ciclo PDCA se destaca por sua praticidade e eficiência, auxiliando na melhoria dos processos internos e na estruturação de equipes bem-sucedidas. Pensando nisso elaboramos um post para você, continue lendo e descubra mais sobre o assunto!

Entenda o que é o ciclo PDCA

Essa ferramenta foi inicialmente desenvolvida para promover melhorias contínuas nos processos, porém nada impede que ela também seja usada para aprimorar o time de trabalho. A sigla é oriunda de quatro palavras em inglês, são elas: Plan; Do; Check e Act

Na gestão da equipe de vendas, tal método pode ser usado para planejar, implementar e aperfeiçoar os programas de desenvolvimentos dos profissionais e, assim, promover melhorias constantes nos resultados de vendas do empreendimento.

Compreenda os passos do processo

Em português, as etapas podem ser traduzidas para: Planejar; Implementar; Avaliar e Agir corretivamente. Vamos entender melhor cada uma dessas etapas e como elas podem contribuir para melhorar os resultados de vendas:

1. Plan (Planejar)

O primeiro passo é planejar o trabalho que será executado, sendo importante uma análise sistêmica dos problemas que devem ser solucionados. Logo, é indispensável contar com a ajuda das métricas de desempenho em vendas e do programa de CRM, o qual possui informações valiosas sobre os clientes da organização.

Assim que o problema for identificado, é hora de traçar um bom plano de ação para solucioná-lo. Para isso, invista em metas inteligentes, identifique os recursos que serão necessários, envolva os colaboradores e defina as métricas para avaliação dos resultados finais.

2. Do (Execução)

Por mais sólido e bem elaborado que seja um plano, se não for bem implementado poucos resultados serão realmente vistos. Dessa forma, é indispensável ter muita atenção e comprometimento com o segundo passo, a execução do plano, sendo necessário respeitar os prazos, recursos disponíveis e parceiros-chave inicialmente definidos.

3. Check (Avaliação)

Avaliar se os resultados foram ou não alcançados é o terceiro passo, sendo importante para identificar a eficácia do planejamento e os pontos que necessitam de “reajustes”. Para isso, é possível realizar uma avaliação de desempenho da equipe de vendas ou reavaliar os indicadores-chave de desempenho da empresa.

4. Act (Agir corretivamente)

Se os resultados esperados ainda não foram obtidos, então é hora de verificar o que deu errado e agir corretivamente sobre o plano, buscando torná-lo o mais perfeito possível. O objetivo desse quarto passo é eliminar qualquer falha que possa atrapalhar nos resultados pretendidos, aprimorando os processos e programas de aperfeiçoamento dos profissionais de vendas.

Diferente das outras ferramentas, o ciclo PDCA não tem um fim exato, seu objetivo é sempre estar avaliando e corrigindo qualquer fraqueza que possa prejudicar os resultados da organização, por meio do planejamento, implementação, avaliação e correção contínua das ações.

Agora que já sabe como usar o ciclo PDCA para otimizar os resultados da sua equipe de vendas, aproveite para multiplicar esse conhecimento. Compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais!

Compartilhe em suas redes sociais...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone