Como aperfeiçoar seu rendimento home office

Em tempos de crise do novo Coronavirus, muitas pessoas estão experimentando pela primeira vez uma nova rotina, onde tem de trabalhar e cuidar da casa, da saúde mental e do corpo, cozinhar, e por vezes, cuidar dos filhos, acompanhando e auxiliando em suas tarefas de rotina. Com tantas tarefas e preocupações, fica difícil focar em cumprir metas e alcançar os objetivos estabelecidos, não é mesmo?

Esta realidade de trabalhar em casa através do home officepode parecer novidade para muitas pessoas, mas já vem sendo implementada por várias empresas ao redor do mundo, inclusive no Brasil, principalmente por empresas de tecnologia e startups. É uma forma de prestar serviços dentro de sua casa, sem que seja necessário ir até a empresa ou o empregador, fazendo uso de tecnologias da informação e comunicação, diferenciando-se do “trabalho externo”, onde a atividade de trabalho é realizada pelo funcionário fora da sede da empresa, como a função de vendedores e técnicos de manutenção, por exemplo. No caso do home office, o serviço que seria realizado na empresa, pode ser realizado em casa pelo empregado.

Treine sua disciplina e organize seu espaço de trabalho

Pode parecer incrível trabalhar com flexibilidade de horários, maior privacidade e independência, tudo isso sem sair de casa, não é mesmo? Mas tantos benefícios assim podem tornar-se distrações, fazendo com que você se acomode e crie uma zona de conforto, afinal, as pessoas tendem a confundir o trabalho em casa com relaxamento e descanso fazendo tudo com o menor esforço possível, deixando os afazeres para depois, criando assim um acumulado de tarefas a serem cumpridas de última hora.

Para isso, é necessário criar e seguir regras, tomando assim pequenas atitudes que irão transformar o seu dia a dia:

• Estabeleça horários e crie uma rotina de trabalho;
• Trace metas e objetivos para o seu dia, para sua semana e para o seu mês, avançando e evoluindo gradativamente;
• Organize o seu espaço de trabalho, de forma a criar um ambiente limpo, organizado e silencioso;
• Seriedade e profissionalismo! Trabalhar em casa não significa folga ou feriado.

Faça uma lista de tarefas

O nosso cérebro atua de forma a seguir padrões e nos recompensar de forma hormonal quando realizamos tarefas bem feitas. Esta é uma prática infalível para aumentar o seu rendimento de forma gradual que pode ser aplicada em sua vida, não só com o home office. Existem aplicativos para celular que podem facilitar este processo (como é o caso do Google Keep) e que, a cada tarefa riscada da lista você terá um bônus de satisfação concedido pelo seu cérebro de forma a criar incentivos para completar suas listas. Desta forma, todos os dias pela manhã, cheque sua lista e veja quais são seus afazeres, e repita o feito ao encerrar o seu expediente. Pode parecer uma dica boba, mas, quantas vezes você trabalhou e dedicou-se o dia inteiro, para que, ao final dele, encontrou-se cansado e exausto, com a sensação de que não produziu nada? Assim, ao olhar para trás e ver quantas coisas você riscou da lista naquele dia, você irá se sentir motivado e disposto a seguir em frente. Quer uma dica essencial? Arrume a sua cama! Esta será a sua primeira meta a ser cumprida no dia, que fará com que você comece o dia motivado, com a sensação de dever cumprido.

Controle os seus horários

Vamos pensar em como seriam os nossos horários em um dia normal. Temos horário para acordar, tomar café, sair para o trabalho, almoçar e largar o experiente. Porque em casa seria diferente? Claro, com o home office, existe uma maior flexibilidade, mas isso não significa que podemos dispensar por completo a necessidade de uma rotina diária. Para isso, programe-se! É possível e completamente aceitável que você acorde um pouquinho mais tarde, mas estipule um horário máximo, não atrase para tomar café e aprontar-se para começar o trabalho sem enrolação, saiba também controlar as suas pausas, seja para um cafezinho ou para o almoço, afinal, a procrastinação de deixar tudo para depois pode criar uma bola de neve de tarefas e afazeres acumulados que vai destruir a sua rotina e reduzir a sua produtividade. Para isso, regule o seu despertador e mantenha sempre o seu relógio ao alcance de seus olhos.

Leia também: Ideias Para Trabalhar Por Conta Própria

Vista-se adequadamente

Existem diversas razões pelas quais o meio empresarial exige tamanha formalidade no que tange as vestimentas, e elas não são resumidas em questões estéticas e de moda. Diversos estudos científicos apontam que, fisicamente, ao sentir-se em situação de desconforto, mesmo que ligeiramente, o nosso corpo recusa-se a entrar em estado de relaxamento, fazendo com que nossa mente se mantenha em estado de ação, evitando a inércia, combatendo assim a preguiça e sono. Ao trabalhar remotamente de casa, a tendência que seguimos é de usar uma roupa confortável, como um pijama, moletom e chinelos, vestindo-se de forma muito confortável e aconchegante, não é mesmo? Pois saiba que esta é uma arriscada forma de autossabotagem, pois você coloca seu corpo em um estado ideal de conforto e desleixo, retirando seu cérebro do estado de alerta e fazendo-o produzir hormônios que irão lhe induzir ao relaxamento, ao passo que você irá pensar em diversas coisas, exceto no seu trabalho, perdendo o foco. Não é necessário ir ao extremo e vestir um terno dentro de casa, crie um “meio termo”. Escolha uma camisa polo, uma bermuda jeans e um sapato social que criem um equilíbrio entre o formal e o casual para que você e seu corpo entendam a que você deve atentar-se naquele momento. Ainda há um ponto positivo que não citamos, afinal, ao trabalhar de casa, você suja menos as roupas, podendo repetir por alguns dias as mesmas vestimentas que usou para trabalhar, evitando também o acúmulo de sujeira e roupas para lavar.

Cuide da sua saúde mental, tenha momentos de lazer

Até aqui, alertamos para todas as possíveis formas que temos de sabotar a nossa rotina e produtividade, de forma a aconselhar da melhor forma possível para criar um comportamento sério durante rotina de trabalho. Mas nada disso é possível sem que cuidemos de nossa saúde mental, o que, em tese, é algo fácil de se falar e projetar. Temos observado, sobretudo durante o período de isolamento social, o quão difícil é dedicar-se ao lazer estando dentro de casa. Estamos limitados e nos sentimos cada vez mais presos e angustiados, e não há uma fórmula mágica que irá mudar isso do dia pra noite, são as pequenas ações diárias e constantes que podem nos ajudar a manter a mente sã e produtiva. Para tal, listamos algumas dicas e orientações para que você respire fundo e siga em frente:

• Desapegue-se um pouco! Na maior parte do tempo você irá ficar em casa, então, sem que haja um total desleixo e desorganização, aceite que as coisas nem sempre estarão em um cenário ideal, a bagunça controlada por vezes é positiva;
• Fuja da “infotoxicação”! Manter-se informado é sempre bom, mas não crie disso uma obsessão, acompanhe a imprensa e os telejornais de forma controlada, absorvendo aos poucos o que eles têm a nos dizer;
• Mantenha-se hidratado! A água é essencial para o nosso corpo, e mantendo-se em uma rotina de atividades limitada, a tendência é sentir menos sede, o que não significa que o nosso corpo precisa de menos água;
• Ao final de seu expediente estipulado procure relaxar, ler por 15 minutos sobre algum assunto divertido que você goste, coloque uma roupa confortável e distraia-se com algo que você realmente goste, isso fará toda a diferença.

Estas são algumas dicas que você pode seguir para fortalecer o seu desempenho atuando em home office, mantendo-se produtivo e profissional sem se autossabotar, mesmo dentro de casa. São dicas que podem ser úteis não somente durante o período de isolamento social, são aplicáveis em diversas situações, seja para o estudo ou o trabalho dentro de casa, de forma a entender, planejar e executar a sua rotina, para alcançar as suas metas e objetivos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Folha Econômica, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe em suas redes sociais...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *