Como melhorar o engajamento no seu blog

Ter um blog já é uma estratégia de marketing bastante conhecida. Afinal de contas, ele é um dos canais mais eficientes para compartilhamento de conteúdo, sendo capaz de atrair visitantes, gerar leads (potenciais clientes) e educar o público.

De acordo com pesquisas, o marketing de conteúdo é capaz de gerar 2,2 vezes mais visitas e 3,2 vezes mais leads para as empresas. Além disso, as publicações em blogs são responsáveis por aumentar cerca de 1,8 vezes o número de visitantes para as empresas.

Para blogs com publicação de mais de 16 artigos por mês, o tráfego é 3,5 vezes maior, em comparação com empresas que compartilham entre 0 e 4 conteúdos, segundo dados.

Vale dizer que os profissionais de marketing que priorizam blogs possuem 13 vezes mais chances de ter um ROI (Retorno sobre Investimento) positivo.

No entanto, é decepcionante quando se investe tempo e recursos para a produção de conteúdo em blog, mas há pouco engajamento.

Quer dizer, é possível observar um bom número de visitantes, porém falta interação com os materiais, ou até mesmo pouca conversão de leads.

Portanto, o engajamento é fundamental, pois ele mede a atividade dos usuários no seu blog, visto que, quanto mais interação, maiores são as chances de converter os visitantes em potenciais clientes.

Mais do que isso, o próprio Google leva em conta o envolvimento dos leitores com a sua página.

Ou seja, o engajamento também é fundamental para as estratégias de SEO (Search Engine Optimization), ou otimização para os mecanismos de busca, pois quanto mais interações o seu blog apresentar, melhor será a classificação dentro dos buscadores.

O artigo de hoje vai dar algumas dicas de como melhorar o engajamento no seu blog, criando conteúdos capazes de otimizar a interação da marca, oferecendo materiais realmente úteis à audiência. Acompanhe a leitura!

1 – Saiba qual assunto interessa ao público

É fundamental saber quais são os assuntos mais interessantes para o seu público-alvo.

Uma empresa que trabalha com a venda de toldo para loja pode verificar que a audiência tem interesse em dicas de decoração para comércio, com base em uma pesquisa de mercado. Por isso, é importante que a sua estratégia tenha uma persona definida.

A persona é uma representação semi fictícia do cliente ideal, tendo como base as características do público-alvo.

Assim, a partir da pesquisa, é possível verificar alguns dados, tais como:

  • Nível de escolaridade;
  • Faixa etária e gênero;
  • Condições socioeconômicas;
  • Interesses e preferências;
  • Entre outros.

Desse modo, produz-se conteúdos que agregam valor para as pessoas, mantendo a audiência interessada nos posts, algo que ajuda a aumentar o engajamento no blog, bem como o tempo de retenção nos textos.

Além disso, a construção da persona também colabora com a humanização do conteúdo.

Com isso, na produção de um material explicativo sobre stands para feiras, o conteudista pode orientar o material para as necessidades da audiência, levando em conta as dores e desejos dos potenciais clientes.

Em contrapartida, há momentos em que alguns assuntos se destacam no mercado. Para encontrar essas temáticas, pode-se usar algumas ferramentas, como o Google Trends (que identifica os temas em alta) ou o Analytics (para avaliar o comportamento da audiência).

Vale também ficar atento aos comentários das publicações, pois isso mostra que o seu público está interagindo com os conteúdos e emitindo opiniões sobre ele.

Por meio dos comentários, é possível levantar as dúvidas e ter mais ideias para futuros temas.

2 – Faça uma pesquisa de palavra-chave

Estar presente no Google é uma das coisas mais importantes para os blogs. Por esse motivo, é importante investir em uma boa técnica de SEO, melhorando a classificação da sua página e, com isso, obtendo melhor tráfego orgânico.

Uma das principais técnicas de otimização é o emprego de palavras-chave ao longo dos textos, em conjunto com marketing de conteúdo

Por exemplo, um conteudista pode verificar que o termo “fita galão bordado” é muito pesquisado no Google e, assim, produzir um artigo relativo à palavra-chave.

No entanto, é preciso identificar o volume de buscas de um termo ou frase, além de escolher as palavras-chave que se relacionem com o seu nicho de atuação. Assim, ao levantar qual é o termo ideal, é possível atrair mais visitantes para o seu conteúdo.

Sendo assim, a principal dica é definir uma palavra-chave para cada post. Uma ferramenta que pode ser usada é o Google Keyword Planner, que descobre quais são os melhores termos para cada publicação.

Lembre-se de que não adianta nada escolher uma palavra-chave popular, como “impressora de código de barras”, mas não produzir um conteúdo relevante.

Afinal, o maior fator de classificação do Google é justamente a experiência do usuário, por isso, o material deve ser interessante e trazer informações relevantes.

Em produções mais longas, como artigos grandes, é possível empregar algumas variações da palavra-chave principal. Isso ajuda a construir uma leitura mais fluida, evitando que o texto fique repetitivo.

3 – Adote um visual menos poluído

O layout e o visual do seu blog também são aspectos importantes e que influenciam no engajamento.

Imagine, por exemplo, um texto sobre impressora de etiquetas zebra com um design clean, que permite a respiração durante a leitura e a organização das informações do post. Com certeza, os usuários terão uma melhor experiência.

Por esse motivo, é recomendável evitar o excesso de informação na parte exterior da publicação.

Alguns elementos como sidebars, banners, widgets e plugins devem ser usados com parcimônia e bom senso. Do contrário, alguns visitantes podem abandonar seu blog, somente pela poluição visual.

As mensagens e imagens dos banners que aparecem ao redor dos posts devem ser relevantes para os leitores. Por isso, ao investir em anúncios de parceiros, dê preferência para propagandas que possam interessar ao público-alvo.

Por exemplo, se o seu blog tratar de dicas para manutenção de piscinas em casa, pode ser interessante um banner ofertando uma capa para piscina, pois são assuntos relacionados.

Caso opte pelo uso de GIFs nas publicações, também é preciso aplicá-los com equilíbrio e cuidado. Afinal, as imagens animadas podem desviar a atenção dos usuários, fazendo com que eles consigam consumir as informações ali apresentadas.

Também é necessário manter uma padronização nas postagens. Utilize uma fonte única, no máximo duas, para diferenciar os cabeçalhos e títulos. Mantenha as cores da marca, bem como outros padrões visuais que ajudam na identificação.

4 – Aposte em títulos criativos

Assim como em uma chamada de jornal, os blogs também precisam usar títulos chamativos e instigantes para atrair os leitores e aumentar o engajamento com o conteúdo.

Portanto, se a intenção é falar sobre o lançamento de um novo adesivo jateado para vidro, o ideal é construir uma manchete impactante, para que os usuários tenham curiosidade em saber mais sobre o produto.

Contudo, é preciso usar do bom-senso, para que seus títulos não sejam sensacionalistas, algo que pode afastar a audiência.

Uma forma interessante de construir títulos é usar dados de pesquisas confiáveis, demonstrando que aquele material foi elaborado com bastante cuidado, verificando as fontes para trazer informações precisas aos leitores.

5 – Evite termos técnicos e linguagem rebuscada

A internet é um espaço bastante dinâmico, onde é possível encontrar uma série de informações sobre vários conteúdos.

Ou seja, ao pesquisar sobre uma camisa polo para uniforme, nos deparamos com lojas especializadas, artigos, vídeos, entre outros materiais que tratam mais a respeito da temática.

Por esse motivo, para obter melhor engajamento é preciso se diferenciar em um mar de informações, dentro de uma concorrência cada vez mais competitiva e exigente.

Além do mais, devido à rapidez no compartilhamento de informações, o próprio perfil dos usuários mudou. Hoje em dia, muitas pessoas buscam por conteúdos rápidos e fáceis de serem consumidores, independentemente do nível de escolaridade.

Ademais, é preciso ressaltar que o público da internet é muito amplo. Quer dizer que ao mesmo tempo em que podemos lidar com especialistas, também nos relacionamos com uma audiência leiga.

Por causa disso, recomenda-se que os blogs posts sejam produzidos com uma linguagem acessível, evitando o uso de termos extremamente técnicos.

Quando necessário, explique as terminologias, para que a maior parte das pessoas consiga compreender as informações que estão sendo tratadas.

Conclusão

Os blogs são excelentes ferramentas para compartilhamento de conteúdo.

Não é à toa que grande parte das empresas utilizam essas plataformas como sessões de seus sites institucionais, para que os usuários possam encontrar informações relevantes e, posteriormente, acessar dados dos produtos e serviços comercializados.

No entanto, não adianta nada criar um blog se ele não tem engajamento.

Por isso, é importante trabalhar com uma produção de qualidade, para que mais usuários possam conhecer suas publicações e, com isso, interagir com materiais, aumentando as chances de conversão em leads.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Guia para aumentar a taxa de abertura de campanhas de e-mail marketing
Clique na imagem e ganhe seu ebook grátis!
Compartilhe em suas redes sociais...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *