Análise SWOT: Aprenda o que é e como fazer

Se você deseja iniciar sua própria empresa ou aprimorar uma que já existe, é preciso fazer uma análise SWOT, isto é, uma avaliação geral de seu ambiente interno e externo. Mas o que é essa análise? Como eu posso fazê-la?

Pensando em responder essas questões, elaboramos este post que lhe apresentará o conceito da análise SWOT, como realizá-la e como interpretar os resultados obtidos por meio dela. Continue conosco!

O que é análise SWOT?

Criada na década de 1970 pela Harvard Business School a partir de um estudo com as 500 maiores empresas norte-americanas da época, a SWOT é uma técnica da avaliação empresarial e seu nome representa um anagrama, uma sigla com as palavras Forças (Strengths), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats).

A SWOT tem como objetivo avaliar os fatores internos e externos de sua empresa, auxiliando na identificação de pontos passíveis de melhorias e oportunidades de mercado.

Como realizar essa análise?

O primeiro passo para fazer essa análise é olhar para dentro de sua empresa. Somente através do autoconhecimento é que você conseguirá avaliar os fatores internos (aqueles sobre os quais a empresa tem controle), e identificar quais são suas forças e fraquezas.

  • Forças: de modo geral, as forças podem ser entendidas como os diferenciais e vantagens que sua empresa possui em relação à concorrência como, por exemplo, a localização ou o emprego de uma tecnologia exclusiva;
  • Fraquezas: são exatamente o oposto de suas forças, ou seja, as suas desvantagens em relação aos outros players do mercado, como um alto custo de manutenção ou uma equipe que precisa de atualização ou treinamentos.

Por mais que seja difícil, é muito importante que, ao se avaliar o ambiente interno de sua empresa, você seja honesto, entendendo e reconhecendo suas falhas e não exagerando em seus pontos fortes.

Já a análise dos fatores externos compreende a avaliação de tudo aquilo que a empresa não tem como controlar. São eles:

  • Político-legal: refere-se às questões de leis e políticas as quais a sua empresa está submetida;
  • Econômico: questões como o aumento do dólar, aumento da taxa de juros e a prática de preços do mercado;
  • Demográfico: taxas de natalidade, mortalidade, mão-de-obra disponível e tudo mais ao que se refere às características locais;
  • Tecnológico: o surgimento de novas tecnologias, processos e técnicas que afetam a sua empresa;
  • Sociocultural: é a parte subjetiva de uma população, suas crenças, costumes, hábitos de consumo, etc.;
  • Natural: tudo o que está relacionado à geografia e ao meio-ambiente em que a empresa está inserida, como o aumento da poluição, disponibilidade de matérias-primas e as questões de sustentabilidade ambiental.

O que fazer com os dados coletados?

Até o momento, tudo o que você possui são dados, ou seja, informações totalmente desconexas entre si e que, por enquanto, não representam nada.

Para que esses dados se tornem informações úteis no momento das decisões, você deverá colocá-los em uma matriz 2×2 e cruzá-los. Entenda:

Uma fábrica de bolas é tradicional no mercado, porém o seu custo de produção é alto, pois parte da matéria-prima é importada e o dólar está em alta, o que impacta negativamente em seus resultados.

Contudo, ela está bem localizada, próximo a uma rodovia, o que ajuda a acelerar o escoamento de sua produção. Além disso, o governo lançou um incentivo à produção de matérias-primas para materiais esportivos.

Neste exemplo fictício podemos identificar como força a sua tradição de mercado e sua localização; como fraqueza, o alto custo de produção; como oportunidade, o incentivo do governo; e como ameaça, a alta do dólar.

Podemos deduzir, então, que é um bom momento para a empresa rever seus fornecedores para diminuir seus custos (oportunidade + fraqueza) e que deve aproveitar para reforçar a imagem da empresa, divulgando que utiliza produtos nacionais e incentiva a economia nacional (força + ameaça).

Elaborar uma análise SWOT não é difícil, mas demanda uma boa dose de tempo e dedicação.

Agora que você aprendeu um pouco mais sobre a análise SWOT, aproveite para seguir nossas redes sociais – Facebook, Twitter, Youtube, Google Plus, LinkedIn – e ficar por dentro de mais informações como essa!

Business Intelligence Saiba tudo para implementar com sucesso

Compartilhe em suas redes sociais...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *