Características essenciais da computação em nuvem

Um grupo de estudo da Universidade de Berkeley, na Califórnia, publicou um artigo sobre as vantagens que a computação em nuvem oferece no que diz respeito ao hardware. O artigo aproveitou também para desmistificar alguns conceitos, como o de que a nuvem seria apenas “mais do mesmo” ou ainda um modismo de marketing a serviço de grandes corporações do setor.

Essa tecnologia pode ter um grande papel dentro do ambiente corporativo, proporcionando mais competitividade para o negócio e gerando mais agilidade operacional. Confira abaixo as características essenciais da computação em nuvem!

As características essenciais da computação em nuvem

O artigo publicado pelo grupo de estudo da Universidade de Berkeley, trouxe uma série de pontos importantes sobre essa tecnologia. Entre os principais, podemos destacar três. A escalabilidade operacional, a maior flexibilidade e o modelo de negócios inovador. Eles são definidos da seguinte maneira:

Escalabilidade

Empresas provedoras do serviço podem levar seus consumidores a imaginar que haja suporte para níveis “infinitos” aos quais a nuvem possa chegar no futuro. No entanto, por conta da configuração da nuvem, não há a necessidade de se preocupar com isso indo atrás de enormes provedores, pois uma vez que os recursos são compartilhados entre muitos usuários, quando um aplicativo não está consumindo muitos recursos, outro aplicativo poderá aproveitar os recursos não utilizados, se necessário, e assim sucessivamente.

Essa característica é chamada de escalabilidade. A empresa responsável pela manutenção da infraestrutura de computação em nuvem mantém os seus serviços funcionando de forma contínua e sempre buscando o máximo de desempenho possível para os seus usuários. Executando uma alocação dinâmica de recursos, cada conta pode ter acesso a um serviço de qualidade e alta disponibilidade.

Flexibilidade

Usuários de computação em nuvem não têm a necessidade de manter um compromisso prévio com esse tipo de serviço, o que levaria empresas de pequeno e médio porte a se beneficiarem de todos os recursos disponíveis sem a necessidade de construir uma configuração própria de hardware dentro da empresa. Com isso, além de poupar investimento, podem empregar mais tempo no desenvolvimento de seus negócios.

Os serviços contratados podem ser modificados sempre que necessário. Se o negócio necessitar de mais capacidade de armazenamento, por exemplo, é possível modificar o plano de cada usuário facilmente. Assim, gestores garantem que todos terão a quantidade de ferramentas disponíveis para executar as suas atividades sempre que necessário, independentemente da demanda externa.

Redução de custos

O terceiro ponto está ligado ao segundo, ou seja, paga-se apenas pelos recursos que se deseja utilizar, e por um curto período de tempo. Isso significa que é possível cortar custos e gerir recursos de forma enxuta e otimizada, proporcionando outra grande vantagem para as pequenas e médias empresas.

Utilizando serviços de computação em nuvem, a empresa não precisa lidar com a gestão de recursos inativos. Isso ocorre, por exemplo, com o licenciamento de softwares pelo modelo SaaS (Software as a Service, ou Software como Serviço, em português). A companhia pagará apenas pelo número de licenças ativas no período de validade do contrato, o que torna os gastos mais precisos e, em geral, menores.

Do ponto de vista de hardware, esses três pontos revelam o quanto a nuvem pode beneficiar todos os tipos de negócios. A empresa terá uma infraestrutura de TI mais econômica, que sempre entrega a performance esperada e é capaz de atender às demandas de usuários facilmente. Com isso, é possível tornar todos os serviços do negócio mais competitivos e eficazes.

Enquanto provedores de computação em nuvem concentram-se na criação de recursos de computação, desenvolvedores podem se dedicar à construção de grandes aplicativos.

Outro ponto importante que vem à tona com a computação em nuvem é o desenvolvimento ágil (Agile Development, do original em inglês). Desenvolve-se um produto rapidamente mas se o produto fracassar ou se for necessário tomar um caminho diferente no planejamento, por exemplo, o impacto em termos de custo não será tão elevado. O mesmo vale para o hardware, caso o produto se torne um sucesso e cresça rapidamente no mercado.

Utilizando a computação em nuvem sem comprometer a segurança do negócio

Um equívoco comum das empresas é concluir que a migração de seus sistemas para a nuvem causaria problemas com a segurança da informação e esta preocupação não está errada, mas exagerada. Algumas medidas podem ser tomadas para evitar que os dados caiam em mãos erradas.

Uma opção é criptografar todos os dados que estão armazenados na nuvem usando um algoritmo de criptografia bom. Ele impede que pessoas não autorizadas tenham acesso aos dados do negócio. Esta função está presente na solução para nuvem privada ownCloud, que a Inovatize oferece aos clientes que querem compartilhar seus arquivos com agilidade e total segurança.

Outra opção seria usar dados auto-descritivos, que determinariam se um usuário ou processo teria privilégio suficiente de permissão de acesso. Essa estratégia reduz os danos causados, se o ambiente operacional for comprometido, além de eliminar as chances de uma pessoa obter acesso não autorizado a dados que não são necessários para o seu dia a dia.

Além disso, o SLA dos serviços de cloud computing também pode ser desenvolvido para garantir que o negócio tenha acesso a uma plataforma com uma sólida política de segurança digital e privacidade. Verifique com o prestador de serviços como os dados de usuários são armazenados e garanta que todas as regras utilizadas estejam de acordo com as normas internas, evitando problemas a médio e longo prazo.

Gerando competitividade e mobilidade para o negócio

Bem implementada, a nuvem pode ter um papel chave para as estratégias de uma empresa. A tecnologia é flexível o bastante para ser implementada em diferentes ambientes operacionais, gerando novas formas de trabalho e maior capacidade produtiva.

Se o negócio busca uma rotina com maior mobilidade, por exemplo, a nuvem é a parceira ideal. Serviços de cloud computing podem ser acessados pela web em qualquer lugar do planeta. Assim, profissionais podem atuar em regimes de home office sem comprometer a sua capacidade de trabalho.

Ao mesmo tempo, a nuvem traz benefícios como uma infraestrutura de TI mais escalável, com custos reduzidos e um acesso mais rápido a novos recursos. Não há a necessidade de instalar nada no computador, o que diminui o tempo necessário para a aplicação de bug fixes e updates. Isso traduz-se no dia a dia em uma empresa que pode escolher formas mais inovadoras de atender a demandas externas de clientes e parceiros comerciais.

Agora que você já compreende as características essenciais da computação em nuvem para o seu negócio, compartilhe este post nas redes sociais e garanta que mais pessoas tenham acesso a essas valiosas informações.

Business Intelligence Saiba tudo para implementar com sucesso

Compartilhe em suas redes sociais...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone