4 tipos de treinamento para alavancar sua empresa

Estimular o capital intelectual dos membros de uma empresa é uma ótima forma de manter os funcionários engajados e prontos para entregar resultados cada vez melhores. Instigar as habilidades técnicas e, principalmente, comportamentais, leva a um ambiente propício para o crescimento — tanto da organização quanto de seus colaboradores.

Os tipos de treinamento empresarial são vários, dos mais comuns aos pouco convencionais, dentre os quais podemos citar o Coaching Empresarial, Universidade Corporativa, etc. O uso de cada um deles depende do perfil da organização, dos anseios dos profissionais e dos objetivos do processo de aprendizagem.

Para auxiliar nessa jornada, vamos apontar para você as principais modalidades de treinamentos e os desafios que elas ajudam a solucionar. Saiba mais!

Importância do treinamento empresarial

Melhoria do desempenho e engajamento dos funcionários, maior eficiência, motivação, menos stress e diminuição na rotatividade dos executivos são alguns dos benefícios de investir no treinamento empresarial. Em qualquer atividade, o desafio de crescimento move o homem e isso não seria diferente no ambiente de trabalho.

Diferente do que pode parecer, esse tipo de investimento gera resultados mesmo em curto e médio prazo. E não é preciso que os gastos sejam grandes para obter esse retorno. Algumas das atividades que mostraremos aqui são fáceis de aplicar e têm um ótimo custo-benefício.

Tipos de treinamento empresarial

Alguns métodos são velhos conhecidos dos gestores, outros, novidades no mundo empresarial. Veja cada um deles e como podem alavancar os resultados da empresa!

1. Universidade Corporativa

Essa é uma boa opção para instituições com uma maior quantidade de funcionários e que desejam um programa de longo prazo para a formação dos colaboradores. O principal objetivo da Universidade Corporativa é preparar os profissionais para exercer determinadas atividades, mantendo-os atualizados e qualificados.

Com essa estratégia, os funcionários têm uma visão mais ampla das atividades da empresa e adquirem conhecimentos que serão aplicados no seu dia a dia de trabalho. As universidades corporativas podem contar com atividades presenciais ou a distância.

2. Rodízio de funções

A superespecialização do trabalhador é um problema para a organização e impede que haja uma harmonia entre as diversas instâncias da instituição. A dificuldade consiste em ter profissionais tão focados em suas atividades que ignoram as demais e não enxergam como o seu trabalho pode impactar outros setores.

O rodízio de funções é uma ótima forma de evitar isso e promover um conhecimento global da organização. Esse tipo de treinamento ajuda também a capacitar pessoas a exercerem novos cargos e funções.

3. Coaching empresarial

Segmento que está ganhando cada vez mais espaço no mundo corporativo, o Coaching Empresarial, ou Business Coaching, é uma ótima ferramenta para desenvolver habilidades fundamentais no ambiente profissional. Comunicação, liderança e capacidade de gerenciar conflitos são apenas algumas das diversas possibilidades de aprimoramento profissional por meio do Coaching.

No ambiente empresarial, esse instrumento é importante pois orienta lideres quanto a processos internos, auxiliando-os a formular as melhores estratégias.

Mas não confunda esse processo com Consultoria. Enquanto esta última orienta em questões mais específicas e ensina como fazer, o Coaching Empresarial aprimora a relação dos colaboradores com a empresa, ajudando-os a enxergar melhor o seu papel no contexto e as competências necessárias para exercer sua função, melhorando as relações interpessoais e a motivação da equipe e extraindo, assim, o máximo do potencial da organização.

4. Gamificação

Quem disse que os treinamentos devem ser tradicionais? É possível inovar, criando engajamento nos funcionários por meio de técnicas de jogos. É o processo de gamificação.

Diversão, motivação e recompensa são utilizados em programas de aprendizado interativo, no qual os colaboradores são incentivados a aumentar seu desempenho e a superar seus limites. Princípios básicos do jogo — premiações, desafios, pontuações —devem ser utilizados nessa estratégia.

Como você viu, os tipos de treinamentos empresariais são muitos. Quando bem aplicados, eles podem gerar retornos incríveis, por meio do aumento da produtividade e motivação, além da diminuição das falhas internas.

Convencido do poder do treinamento? Esperamos ter contribuído para alavancar os resultados de sua empresa! Para continuar o aprendizado, veja como melhorar a produtividade de sua equipe de vendas!

Conteúdo escrito pela equipe da FreeCoaching.

Compartilhe em suas redes sociais...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Google+
Google+
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email