4 erros comuns ao implementar uma estratégia de marketing

Os investimentos em marketing não param de crescer nas organizações e isso significa que o nosso empresariado finalmente amadureceu. Afinal, já é senso comum o fato de que todo capital aplicado em marketing não é um custo para a organização, mas um investimento, com um retorno claro para o negócio no médio e longo prazo.

É lógico que, embora esse tipo de consciência seja muito importante, o fato é que o gestor precisa sempre trabalhar para melhorar os seus resultados em marketing. Afinal, quanto maior for o ROI (Return On Investiment), melhor é a eficiência da aplicação de recursos da empresa.

Sabendo disso resolvemos trazer, no post de hoje, 4 erros comuns ao implementar estratégia de marketing. Confira!

1. Não utilizar a tecnologia

O primeiro grande erro cometido em estratégias de marketing é a falta do uso da tecnologia não só para facilitar a gestão dos processos internos, mas, principalmente, para trabalhar na qualidade dos dados utilizados pelas equipes de marketing e de vendas.

Com o CRM (Customer Relationship Management), o gestor consegue administrar com facilidade todos os dados do cliente e, com isso, melhorar muito a tomada de decisão.

Além disso, tanto a equipe de marketing, quanto a de vendas, podem realizar ações muito mais personalizadas, afinal, poderão acompanhar o cliente em todos os estágios do funil de vendas.

2. Não conhecer a persona

Outro problema muito comum que, inclusive, é decorrente da não utilização da tecnologia, é a falta de conhecimento em relação a persona, ou seja, o público de interesse da sua organização. Com isso, a tendência é a má aplicação dos recursos do negócio.

Além disso, o atendimento oferecido pela equipe de vendas também é afetado, já que dificilmente os profissionais saberão o que o cliente necessita e, com isso, realizarão uma abordagem mais genérica, sem foco nos problemas reais do consumidor.

3. Não mensurar resultados

Outro erro bastante comum ao implementar estratégias de marketing é o total descompromisso com a mensuração de resultados. Muitos gestores acabam apenas aplicando os recursos nas estratégias, mas se esquecem completamente de utilizar os indicadores de desempenho para acompanhar os resultados.

Se não utilizar as métricas, dificilmente você saberá quais são as estratégias que, de fato, estão funcionando na sua organização e certamente terá problemas para atingir o máximo de desempenho e de retorno sobre seus investimentos.

4. Não considerar o SEO

Por fim, é muito importante lembrarmos que o cliente está cada vez mais presente no meio digital e que, portanto, precisamos sempre trabalhar em estratégias para garantir um bom SEO (Search Engine Optimization).

Afinal, nossa empresa precisa ser encontrada com facilidade nos mecanismos de busca e, para isso, devemos realizar ações específicas.

Como exemplo, implementar estratégia de marketing de conteúdo pode ser uma boa pedida, além, é claro, de trabalharmos o material que é disponibilizado pelo próprio site. Redes sociais costumam apresentar ótimos resultados, principalmente quando alinhadas às outras estratégias de conteúdo, como blogs, por exemplo.

Gostou do nosso post de hoje? Então que tal compartilhar esse material nas suas redes sociais e promover um debate?

Otimização de campanhas de marketing digital: o guia prático!

Compartilhe em suas redes sociais...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Google+
Google+
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email